Se foi escolhida para organizar a despedida de solteira da sua irmã, amiga ou outra familiar, estará certamente a pensar em encontrar ideias divertidas para uma festa memorável, que vá exatamente ao encontro das expectativas da noiva. Mas para garantir o sucesso, há que dar alguns passos fundamentais. Neste caso, siga as nossas dicas para lá chegar!

1. Peça ajuda

Sim, não precisa de estar sozinha nesta tarefa. Certamente que outras amigas não se vão imiscuir de a ajudar. Bom, algumas talvez o façam ao se aperceberem do que há para tratar. Mas certamente que entre as pessoas mais próximas encontrará quem lhe dê a mão ou até o braço. Quem sabe se a própria noiva não a possa ajudar e indicar-lhe quais das suas amigas estão mais disponíveis ou têm mais experiência e/ou até um talento inato para a organização de eventos?

2. Elabore uma lista de contactos

5 passos para organizar uma despedida de solteira
créditos: Aguiam Wedding Photography

Aqui vai precisar também da ajuda da noiva, porque provavelmente pode esquecer-se ou até não conhecer algumas pessoas dos muitos círculos sociais que a noiva frequenta e que não são os seus. Peça-lhe os nomes e os contactos das pessoas que ela vai querer na sua festa de despedida de solteira. E aí, então, depois disso, a noiva “desaparece” e não se mete em mais nada.

3. Respeite a opinião da noiva

Esta questão é muito mais importante do que julga. Não nos estamos a contradizer com o ponto anterior, não será a noiva a tomar decisões. A questão é que tem de a conhecer o suficiente para saber aquilo que gosta, ama e odeia. Tudo aquilo que só as melhores amigas entendem. A decisão final acabará sempre por ser sua, mas não ignore a noiva, a sua personalidade e opiniões, senão vai dar tudo para o torto…

4. Faça um brainstorming

5 passos para organizar uma despedida de solteira
créditos: Aguiam Wedding Photography

Há imensa coisa que se pode fazer numa despedida de solteira mas a escolha depende muito do orçamento e do bom senso das participantes. Então, comece por juntar um grupo e faça um brainstorming que acabe por incidir na melhor opção em termos das preferências da noiva, do orçamento e da aceitação do grupo. Existem inúmeras opções e ideias originais em que se pode inspirar: desde fazer uma viagem, a organizar uma aventura (rafting, canoagem ou trekking), jogos (go-karts, paintball, laser tag e realidade virtual), fazer uma festa de arromba num barco ou iate, jantar + disco, um programa de relaxamento e beleza ou uma simples festa de pijama.

Se a noiva tiver contratado um wedding planner, porque não pedir-lhe também ajuda? Certamente que terá imensos contactos e com toda a sua experiência poderá dar ideias, como conduzi-lo aos locais e profissionais certos para colocar tudo em prática.

5. Definir um timming

Uma vez decidido o que se vai fazer, é necessário determinar o “quando”. E aí a coordenação é fundamental. Primeiro, é importante lembrar que a noiva não sabe de nada. Ou melhor, deverá saber a data do dia, para que não faça outros planos. Depois, é importante determinar a hora em que tudo vai acontecer: considerar o tempo para as partidas, saber os horários de tudo o que possa estar envolvido nos planos, nomeadamente dos meios de transporte necessários (autocarros, comboios, aviões), das eventuais atividades, pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar, acomodações, entretenimento, surpresas (limousines ou fogo de artifício) e, por fim, da festa e atividade propriamente dita.

5 passos para organizar uma despedida de solteira
créditos: Aguiam Wedding Photography

Voltamos a insistir em algo muito importante: organize uma celebração para todos os gostos, que não deixe de lado as preferências da noiva e que também que não gere desconforto a nenhuma das pessoas presentes.

Outra dica importante refere-se à comunicação entre as participantes e organizadoras. Hoje é tudo muito simples. Há telemóveis e chats mas às vezes essa facilidade torna-se um verdadeiro pesadelo. Não é preciso estar sempre a trocar mensagens a toda a hora. É preciso ser prudente ao partilhar informação, para não sobrecarregar quem está a organizar tudo (e que também tem vida própria!)

Por fim, não esquecer que certamente haverá que pagar a fornecedores e profissionais envolvidos. Aponte tudo numa folha de Excel, onde vai assinalando os pagamentos que vão sendo feitos, para depois facilitar todas as contas no final.

E não se esqueça: a noiva não paga!

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.