É normal que de vem em quando não se sinta completamente bem em sua casa. Mas se esse sentimento é constante, causando inclusivé dores de cabeça, mal estar, insónia e sensação de cansaço, pode ser que esteja na hora de eliminar as energias negativas do ambiente. Isso pode ajudar a melhorar o seu humor, além de inspirar sentimentos positivos para todas as pessoas que vivem na casa. Descubra o que pode fazer para eliminar a energia negativa, de acordo com as dicas da terapeuta de energia Amy B. Scher, autora do livro How To Heal Yourself When No One Else Can (Como curar-se quando mais ninguém o consegue fazer, em inglês):

1. Renove o ar

O primeiro passo para remover a energia negativa da sua casa é abrir todas as janelas e deixar o ar renovar. Enquanto isso, sacuda as almofadas e as roupas de cama. Vai sentir uma sensação imediata de limpeza.

2. Acenda um incenso

Esta é uma prática espiritual e de meditação – então por que não experimentar em casa? Isso pode ajudar a melhorar a energia e criar uma atmosfera calma e serena.

3. Conserte ou elimine móveis e objetos partidos ou estragados

Coisas partidas ou estragadas podem trazer energia negativa para a sua casa, por isso se for um objeto muito especial pense em arranjá-lo. Caso contrário substitua por outro.

4. Use óleos essenciais (destaque para o óleo essencial de laranja)

O aroma da laranja faz lembrar um dia de verão, com muito sol e alegria. Limpa o ambiente e eleva o seu humor. Dilua as gotas do óleo em um pouco de água e borrife nos móveis. “Comprar ou fazer um purificador de ar com óleos puros essenciais ajuda a tirar a energia negativa”, Amy diz. A terapeuta prefere os óleos de laranja, rosa, lavanda e patchouli.

5. Elimine a desordem o mais rápido possível

Objetos retêm muita energia tanto mental, quanto psicológica e até espiritual. E eles podem atrapalhar o seu bem estar. Por isso é normal sentir-se melhor quando organiza as suas coisas. Faça um esforço para manter a casa o mais arrumada possível.

6. Toque um sino no seu quarto

Parece simples demais e até parvo, mas basta tocar um sino no quarto para as ondas sonoras levem a energia negativa embora e trazerem a energia positiva para dentro.

7. Pinte uma parede de amarelo

A cor tem um papel fundamental na casa e pode ajudar a neutralizar a energia má. Em termos decorativos, ela pode ajudar o ambiente a parecer maior, mais quente e mais aconchegante.

8. Coloque sal grosso nos móveis

“Cristais de sal têm uma habilidade natural para absorver energia negativa”, explica Amy. Para absorver a energia negativa de proprietários anteriores, coloque sal grosso nos quatro cantos de cada móvel. Depois de 48 horas, aspire o sal ou varra e deite fora.

9. Evite ângulos afiados

Uma das regras mais importantes no feng shui é remover a maior quantidade de móveis e objetos com ângulos afiados possível. Sabemos que não é fácil, mas investir em vasos, abajures, mesas e outros objetos circulares trará energia positiva para a sua casa.

10. Inclua mais espelhos

Para atrair energia positiva, espalhe vários espelhos pela casa – mas evite aqueles com bordas afiadas. Eles também ajudam a limpar a mente.

11. Proteja as entradas

Portas e janelas que dão para fora são entradas de energia. Para manter essas áreas purificadas, encha um balde de água com sumo de limão, sal e vinagre branco e passe a mistura nas maçanetas e janelas.

12. Queime sálvia

Segundo a terapeuta, queimar rolos brancos de sálvia pela casa movendo-os em direção anti-horário é outra boa ideia para limpar as energias.

13. Aposte nas plantas

Além dos vários benefícios que as plantas trazem para nós e para a casa, elas também são um filtro natural das más energias.

14. Use cristal preto de turmalina

O cristal preto de turmalina é um dos favoritos de Amy. A terapeuta aconselha a espalhá-los pela casa para um impacto maior.

15. Mude os móveis de sítio

“Rearranjar os móveis pode fazer maravilhas para a energia da sua casa. Enquanto há regras específicas do Feng Shui, eu gosto de rearranjar com base em como eu me sinto no ambiente”, contou Amy. A mudança não precisa ser extrema: pode ser a mudança de ângulo de uma cadeira ou até mesmo colocar o vaso noutra direção.