Mulher obteve o divórcio porque a casa onde vivia não tinha WC

Um tribunal indiano concedeu o divórcio a uma mulher porque a casa onde dividia com o marido não tinha casa de banho.
créditos: Pixabay

O Tribunal de Família do estado de Rajasthan decidiu na sexta-feira a favor desta mulher, que alegou que o facto do seu marido não ter construído uma área para as necessidades básicas dentro de casa casa era algo cruel.

O juiz Rajendra Kumar Sharma destacou que as mulheres nas aldeias costumam sofrer dores físicas por terem que esperar o anoitecer para fazer as suas necessidades fora de casa.

O juiz disse que a falta de uma casa de banho é vergonhosa e comparou-a com tortura o facto de negar às mulheres um local seguro para evacuar, explicou à agência de notícias France Presse a advogada Rajesh Sharma.

O divórcio na Índia só é autorizado no caso de apresentarem ao tribunal provas de crueldade, violência ou extorsão financeira.

Esta não é a primeira vez que um casamento é anulado na Índia por falta de casa da banho.  Em 2016, uma mulher recusou-ae a casar no estado de Uttar Pradesh depois do futuro marido se negar a construir uma casa de banho para o casal. Em junho, outra mulher negou-se a voltar para casa até que os seus sogros construíssem um WC.

A falta de áreas de necessidades básicas nos lares é um importante problema de saúde pública na Índia, afetando cerca de 594 milhões de pessoas, ou seja, quase metade do país, relata a UNICEF. Cerca de 70% dos lares indianos não têm casa de banho.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários