Família quer anular casamento de homem de 101 anos que casou com empregada de 52

Mesmo depois da morte do idoso no mês passado, a família vai manter processo na Justiça para anular o matrimónio do milionário com uma empregada 50 anos mais nova.

A família de um homem de 101 anos que em maio casou com uma empregada de 52 anos vai recorrer à Justiça para anular o matrimónio, apesar de o idoso já ter morrido há quase um mês. Três dos quatro filhos de Francisco Marcolino, falecido a 9 de julho, em Bragança, prometem levar a ação judicial até ao fim para anular o casamento do pai, escreve o Jornal de Notícias.

Segundo o referido diário, os familiares do milionário intentaram um procedimento cautelar e têm uma sessão judicial marcada para a próxima sexta-feira.

Em dezembro, três filhos dos quatro filhos avançaram com uma ação judicial para anular o matrimónio, por considerarem que o pai não tinha condições mentais para tomar decisões. Os filhos avançaram com dois processos-crime por abuso de confiança contra a empregada e pediram o arrolamento dos bens.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários