Após 60 anos, melhores amigos descobrem que afinal também são irmãos

Dois homens norte-americanos do Havai, amigos há 60 anos, descobriram que são filhos da mesma mãe biológica graças a uma plataforma online.

Nascidos com apenas 15 meses de diferença, Walter Macfarlane e Alan Robinson cresceram ambos em Oahu, no Havai, Estados Unidos.

Tornaram-se amigos desde cedo, ainda no ensino preparatório, frequentavam na altura o sexto ano.

Jogaram, mais tarde, na mesma equipa de futebol e tinham algo em comum: Macfarlane não tinha pai e Robinson era adotado.

Décadas depois, numa ânsia por respostas, a procura de Macfarlane levou-o a inscrever-se em sites de procura de familiares com registos e base de dados de ADN.

VEJA AINDA: As raças de cães mais amigas da família

A filha de Macfarlane explicou à televisão local Khon2 que começaram a analisar as correspondências e que encontraram um utilizador interessante com as mesmas origens: Robi737.

Este era o nome de Robinson no mesmo site, já que aquele também procurava respostas sobre a sua família biológica. Robi era o apelido de Robinson e 737 é uma referência aos aviões que pilotava numa companhia aérea local.

Depois de alguns telefonemas, segundo contaram à Khon2, os dois homens perceberam que eram filhos da mesma mãe biológica. "Este é o melhor presente de Natal que consigo imaginar", diz Robinson. "É realmente um milagre de Natal. E estamos tão felizes por termos descoberto isto", comentou Macfarlane, numa entrevista conjunta.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários