Afinal não existem mulheres heterossexuais, revela estudo

Um estudo da Universidade de Essex, no Reino Unido, revela que, de uma forma geral, as mulheres heterossexuais sentem-se atraídas por pessoas do mesmo sexo.
créditos: Pixabay

O estudo, que contou com a participação de 345 mulheres lésbicas e heterossexuais, tinha como objetivo analisar a sua reação durante o visionamento de filmes eróticos protagonizados tanto por homens como por mulheres.

Após analisarem os resultados, os investigadores concluíram que independentemente da orientação sexual das participantes, o seu nível de exitação era igual perante os vídeos eróticos protagonizados por figuras femininas.

Ou seja, de uma forma geral 82% das mulheres ficavam excitadas com os filmes protagonizados pelos dois sexos. Mas o mais curioso foi que no caso das mulheres heterossexuais o seu nível de excitação era igual perante os dois vídeos.

“Apesar da maioria das mulheres admitir ser heterossexual, a nossa pesquisa demonstra que quando o assunto é sexo as participantes ou são bissexuais ou são gay, mas nunca heterossexuais”, conclui Gerulf Reiger, professor do departamento de psicologia e um dos autores do estudo.

Segundo o jornal El País, cada individuo responde de forma diferente aos diversos estímulos. “Os indivíduos do sexo masculino são mais visuais enquanto a mulher é mais atraída pelo contexto”, revela a sexóloga e psicóloga, Marta Pascual. Ou seja, o nível de excitação das mulheres não é definido pelo género do protagonista, mas antes pelo “ambiente erótico que as faz sentirem-se desejadas e sentir desejo”, conclui.

Comentários