A história da americana que se tornou princesa depois de uma ida banal a uma discoteca

Ariana Austin vive um verdadeiro conto de fadas da Era Moderna.
créditos: DR

Uma vulgar saída noturna em Washington, em 2005, levou Ariana Austin a conhecer, literalmente, o seu príncipe.

Acompanhada por uma amiga, a americana conheceu  Joel Makonnen, um discreto príncipe da Etiópia, com quem casaria 12 anos depois, tornando-se também ela uma princesa.

Ariana Justin tinha 21 anos quando Joel Makonnen, bisneto do último imperador da Etiópia, Haile Selassie I, a abordou numa discoteca da capital norte-amerciana.

Segundo o "The New York Times", Joel Makonnen tomou a iniciativa. "Disse-lhes que pareciam estar num anúncio do (gin) Bombay Sapphire", disse o aristocrata sobre o primeiro encontro.

"Não tinham ainda passado cinco minutos, quando lhe disse também que ela seria a minha futura namorada".

Joel Makonnen não revelou ser príncipe na noite em que conhecer a jovem Ariana, porque preferiu impressioná-la com conhecimentos de história, recorda ao referido jornal.

No mês passado, Ariana Justin e Joel Makonnen casaram-se numa igreja ortodoxa etíope com 13 sacerdotes e toda a pompa e circunstância que um casamento real exige.

Veja ainda: As imagens de um casamento gay que é um verdadeiro conto de fadas

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários