8 questões sobre a pele masculina

A pele do rosto é o cartão de visita de qualquer pessoa, por isso merece uma atenção especial para mantê-la saudável e luminosa. Os cuidados diários com a pele do homem devem fazer parte da rotina, assim como o barbear.

Para saber quais as caraterísticas da pele masculina e os cuidados a ter, colocamos aqui as 8 questões mais comuns sobre o assunto.

1 - Quais são as caraterísticas da pele masculina?

O aspeto geral da pele masculina é diferente do da mulher, a textura da pele dos homens é mais áspera e espessa, devido à presença de pelos terminais (pelo grosso e pigmentado) que cobrem a maior parte do corpo. A barba também esconde irregularidades da pele, como cicatrizes, manchas e pequenos vasos. A pele masculina tem um grão mais grosso, o que é aceitável e relacionado à maturidade, enquanto a feminina deve ser delicada e homogénea. É comum as mulheres preocuparem-se muito mais em reparar alterações da pele que os homens, uma vez que estes não veem alterações na sua pele tão facilmente e nem tão cedo.

2 - Os homens têm menos rugas que as mulheres?

A pele do homem é aproximadamente 25% mais espessa que a da mulher. A densidade de colagénio na pele dos homens é maior que nas mulheres em todas as faixas etárias. Com a mesma idade e tendo sofrido as mesmas influências extrínsecas de envelhecimento (exposição solar, tabagismo, ingestão alcoólica e hábitos alimentares), os homens apresentam rugas mais pronunciadas que as mulheres. Neles, as rugas ocorrem mais tarde, mas quando aparecem são mais profundas e marcadas embora em menor quantidade do que nas mulheres.

3 - Porque é que a pele masculina apresenta maior oleosidade?

Os homens têm maior número glândulas sebáceas na face, assim sendo, a produção de sebo nos homens é, em média, duas vezes maior que nas mulheres. A maior produção de sebo resulta numa pele mais oleosa com presença de poros dilatados,” pontos negros” e acne de maior duração nos homens. Há diferenças entre a secreção sudorípara (responsáveis pela produção do suor em homens e mulheres). A taxa de sudorese (suor) nos homens é mais do que o dobro das mulheres. O pH cutâneo da pele masculina é mais ácido sendo 0,5 mais baixo que nas mulheres. Por isso, os cuidados com a pele do homem e da mulher devem ser diferentes.

4 - Quais são os produtos mais indicados para os homens?

A limpeza é fundamental numa pele excessivamente oleosa. São indicados produtos para lavar o rosto e remover a oleosidade e poeiras resultantes da poluição que se agregam numa pele oleosa. Geralmente sabões com textura em gel à base de ácido salicílico e enxofre ajudam no controle da oleosidade.

5 - Que produtos devem ser evitados?

Produtos em creme, loção cremosa e hidratantes oclusivos. Preferir produtos em gel para a pele masculina.

6 - Como comprar o produto certo?

Geralmente o homem prefere produtos em gel, sabões de limpeza ou gel, protetores solares em gel, loção pós barba em gel ou loção “oil free”. Hoje em dia existem as marcas de cosmética que possuem linhas específicas e tratamentos específicos para a pele do homem, com textura e aroma adequado.

7- Barbear todos os dias pode causar agressões à pele? Quais?

Sim, pode causar fissuras e pequenos ferimentos, dado que o barbear não deixa de ser um ato agressivo para pele. Contudo, pode minimizar os danos utilizando no pós barbear, produtos adequados com função hidratante e regeneradora.

8 - Quais são os tratamentos mais indicados para eles?

Os tratamentos mais indicados variam consoante a idade e especificidades que a pele apresenta, mas podem variar desde tratamentos:

• Desintoxicante para fumadores
• Protetor para peles mais sensíveis
• Purificante para peles excessivamente oleosas
• Despigmentantes para peles manchadas
• Anti envelhecimento para peles que apresentem sinais de envelhecimento (rugas, flacidez)

Apesar dos tratamentos no Spa, no geral os cuidados básicos devem incluir limpeza, produtos específicos para o barbear, hidratação e proteção contra o sol com o uso de protetores solares.

Carla Alves
Spa Trainer - Training Academy Portugal

artigo do parceiro:

Comentários