Ikigai é a nova tendência a seguir

Caso esteja interessado em encontrar o propósito e longevidade da vida siga este conceito japonês.
créditos: Photo by Matthew Smith on Unsplash

Toda a gente sabe que viver mais feliz é meio caminho andado para ter uma vida mais longa e rica, até porque a forma como encaramos e lidamos com a realidade, bem como o meio envolvente, podem ditar o nosso próprio destino em diversas áreas da nossa vida, como é o caso do campo da saúde e profissional.

O conceito é japonês e a palavra refere-se ao propósito da vida e a razão de viver. ‘Iki’ significa ‘vida’ e ‘gai’ prende-se com o ‘valor’ perfazendo ‘o que nos faz levantar da cama todos os dias’.

O Ikigai rege-se por quatro áreas distintas que, quando cruzadas entre si, culminam no conceito japonês. ‘O que eu gosto’, ‘As coisas em que sou bom’, ‘O que o mundo precisa’ e ‘O que me pagam para fazer’ são as quatro áreas que, por sua vez, se interligam com as diretrizes paixão, missão, profissional e vocação, conforme é possível ver no diagrama abaixo. O que se pretende é que se encontrem respostas e o equilíbrio para o seu propósito de vida.

Como o meio envolvente também se reflete em nós e pode condicionar a maneira de estar na vida, a forma como decoramos a nossa casa e os nossos hobbies podem (e devem) ser tidos em consideração. Por isso, pensar e ‘trazer’ para a nossa vida algo que nos proporciona felicidade e bem-estar é algo a ter em conta. No entanto, vale a pena salientar que não se trata de gosto ou valor material (aquele gosto momentâneo que se perde a médio prazo) e sim saber apreciar o valor simbólico e a sua simplicidade.

artigo do parceiro:

Comentários