Siamesas de Gaza que corriam risco de vida foram separadas com sucesso

As autoridades sauditas anunciaram o sucesso de uma operação cirúrgica delicada que resultou na separação de duas irmãs siamesas nascidas em outubro na Faixa de Gaza, território palestino sob bloqueio israelita.
créditos: AFP

A separação de Farah e Haneen aconteceu no hospital Rei Abdullah de Riade, especializado em pediatria, informou a agência saudita SPA.

A operação, que começou na manhã de segunda-feira, deu-se em nove fases de anestesia e separação de múltiplos órgãos, incluindo o fígado.

A duração da cirurgia não foi, no entanto, divulgada.

VEJA AINDAAs raças de cães mais amigas da família

 Após o nascimento, Allam Abu Hamda, do hospital Al Shifa de Gaza, explicou que as meninas estavam ligadas pela barriga e pela pélvis.

As duas crianças tinham, no entanto, pulmões e corações separados, apesar de partilharem uma mesma perna.

O médico palestiniano defendeu que as crianças fossem submetidas a uma operação no estrangeiro.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários