Estas cinco doenças podem ser comuns a humanos e animais de estimação

O seu gato anda nervoso e come pouco? E o seu cão bebe demasiada água? Conheça cinco doenças que podem afetá-lo a si e ao seu animal doméstico, segundo a BBC.
créditos: Pixabay

Diabetes

A incidência da diabetes entre os seres humanos está a aumentar segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). O mesmo se observa em gatos, segundo Stijn Niessen, professor de medicina da Faculdade Real de Medicina Veterinária (RVC). Um em cada 200 gatos tem diabetes tipo 2, um aumento considerável face a dados de há três décadas (um caso por cada 900).

"Os gatos foram feitos para caçar, mas agora ficam muito tempo sentados sem fazer exercício e são alimentados com frequência", lamenta Niessen.

Em relação aos cães, cerca de três em cada mil tem diabetes, segundo dados da mesma instituição de ensino. O tratamento pode incluir injeções de insulina e os sintomas são semelhantes aos sentidos pelos humanos, como sede e fome excessiva.

Problemas de tiroide

Tal como nos humanos, os problemas da glândula da tiroide - como hipotiroidismo (produção insuficiente de hormonas tiroideas) e o hipertiroidismo (produção em excesso) - também podem afetar gatos e cães. Os donos podem ficar atentos a alguns sinais destas doenças, como aumento de peso, preguiça, lentidão ou irritabilidade.

Viagra enquanto medicamento

Neste caso a doença animal não é a impotência, mas a hipertensão pulmonar. Os veterinários estão a usar o Viagra para tratar cães com esta patologia caracterizada por pressão alta nos pulmões.

No entanto o medicamento não é o mesmo. As drogas são formuladas e licenciadas separadamente para humanos e animais, salienta a BBC.

Vírus da Imunodeficiência Felina

O Vírus da Imunodeficiência Felina (FIV) ataca o sistema imunitário dos gatos, à semelhança do VIH nos humanos, o que os deixa incapazes de combater outras infeções. Nos Estados Unidos, entre 1,5% e 3% de gatos estão infetados com esse vírus. Febre persistente, pelo frágil e perda de apetite são alguns dos sintomas.

Epilepsia

Cerca de um em cada 100 cães tem epilepsia e os gatos também podem sofrer desta patologia. A epilepsia pode causar convulsões, mas em alguns casos os sintomas não são fáceis de perceber.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários