É possível fazer fisioterapia com objetos do dia a dia?

Duarte Galvão, fisioterapeuta e docente de fisiologia do exercício, responde à pergunta e explica como é que esta terapia previne e trata disfunções cinéticas e funcionais de órgãos e sistemas.

A fisioterapia, que previne e trata disfunções cinéticas e funcionais de órgãos e sistemas, é uma abordagem plurimodal levada a cabo por um fisioterapeuta no tratamento de uma condição clínica. «Mas, sim, podemos utilizar inúmeros materiais neste plano mais abrangente como bolas, caneleiras, cadeiras no domicilio, elásticos, sem esquecer o próprio corpo, principal ferramenta para as inúmeras atividades do dia a dia», afirma Duarte Galvão.

«O que é necessário é a proficiência e o rigor com que são utilizados esses materiais», esclarece o fisioterapeuta e docente de fisiologia do exercício. «No caso da fisioterapia pós-operatória da anca, por exemplo, é possível através de bolas trabalhar a amplitude da articulação, trabalhar a força imprimindo resistência num determinado plano de movimento com elásticos ou, num degrau, treinar a funcionalidade», diz ainda este especialista.

artigo do parceiro:

Comentários