Comentário malicioso no Twitter permitiu descobrir doença rara

A apresentadora norte-americana Lara Pitt, do canal da Fox Sports, tem por hábito ignorar os comentários desagradáveis nas redes sociais, mas houve um em particular que a ajudou a diagnosticar uma doença.

Comentário no Twitter permitiu descobrir doença rara

Depois de dar à luz o primeiro filho, a norte-americana sentia-se exausta, quase um "zombie" e achava que não conseguia descansar o suficiente durante a noite.

No entanto, nem a jornalista nem o médico que a acompanhava deram importância aos sintomas, recorda a apresentadora num artigo da sua autoria publicado no site "My Body and Soul".

Só oito meses depois do nascimento do filho, e no final de um programa, um comentário no Twitter deu o alerta. "Não é incomum receber Tweets sobre o que estamos a usar", comenta Pitt. "Mas este era ligeiramente estranho. Dizia: 'A Lara Pitt tem uma maçã de Adão?'", recorda a jornalista.

Naquele momento não deu grande importância mas dias depois reparou que, na verdade, tinha um alto visível na zona do pescoço, que uma ecografia e análises ao sangue confirmaram tratar-se de tiroidite pós-parto.

Trata-se de uma doença autoimune que pode surgir no primeiro ano depois do parto, em menos de um décimo das mulheres, e que provoca a inflamação da glândula da tiróide.

Embora a glândula fique inchada e possa causar desconforto, não causa dor.

A jornalista decidiu revelar agora o episódio para alertar outras mães, uma vez que os sintomas são confundidos pelos próprios médicos com quadros de cansaço ou depressão pós-parto.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários