Golfe alivia o stresse e prolonga a vida

Uma revisão de estudos científicos descobriu que ajuda a prevenir e tratar mais de 40 doenças crónicas. Saiba mais sobre os benefícios desta modalidade para o equilíbrio emocional e veja onde a pode experimentar.

Perícia, esforço físico ligeiro e contacto com o ar livre são algumas das razões por que o golfe está tão bem cotado no ranking das atividades de lazer. Fazer um percurso de nove buracos, por exemplo, equivale a uma caminhada de quatro ou cinco horas, a passo moderado, o que traz benefícios indiscutíveis para a saúde. Isto para além da vertente lúdica associada ao jogo e do contacto com outros participantes que promove o bem-estar físico e psíquico dos seus praticantes.

De acordo com os especialistas, cinco horas de atividade física moderada por semana são consideradas suficientes mas, se tiver tempo e oportunidade, pode sempre ultrapassar esse limite. Um estudo da Universidade de Edimburgo, na Escócia, tornado público pelo British Journal of Sports Medicine no primeiro trimestre de 2017, garante ainda que as pessoas que jogam golfe com regularidade tendem a viver durante mais tempo.

Andrew Murray, um dos investigadores do Physical Activity for Health Research Centre, organismo daquele estabelecimento de ensino, liderou um processo de revisão de 5.000 estudos internacionais sobre este desporto e não tem dúvidas. «Sabemos que a atividade física moderada que o golfe representa aumenta a esperança de vida e tem benefícios de saúde mentais que ajudam a prevenir e tratar mais de 40 doenças crónicas», assegura.

A lista inclui enfartes, ataques cardíacos, diabetes e cancro da mama e do cólon. «As provas demonstram que quem pratica golfe, além de viver mais tempo, regista níveis de colesterol mais equilibrados, uma melhor composição corporal, uma maior autoestima e uma segurança reforçada. E é um desporto que tanto pode ser praticado por novos como por pessoas mais velhas, sendo os benefícios transversais a todas as idades», diz.

Equilíbrio emocional

Os benefícios do golfe não se limitam ao bem-estar físico, mas também psicológico e emocional, como refere Andrew Murray. «A prática de exercício físico ajuda a aumentar a autoestima e a autonomia, ao mesmo tempo que fomenta a interação social e a aprendizagem,  competências extremamente importantes», refere Vera Guerreiro, entrevistada pela Prevenir enquanto psicóloga clínica na Federação Portuguesa de Golfe (FPG).

A depressão, a ansiedade e o stresse são problemas que também podem ser atenuados com algumas tacadas. «É quase  impossível não nos sentirmos bem, depois de um passeio pela natureza, na companhia de amigos ou familiares», afirma a psicóloga. «No golfe a interação é constante e, em qualquer idade, isso é importante», sublinha ainda a especialista.

Os melhores locais para jogar golfe

Em Portugal, existem vários locais onde pode experimentar a modalidade. No norte do país, por exemplo, em Ponte de Lima, o Axis Ponte de Lima Golf Resort Hotel propõe um programa especial para relaxar na vila limiana e praticar golfe. O programa de alojamento inclui um green fee que pode ser usado durante todo o dia. Os participantes podem praticar golfe no campo de golfe do Alto Minho que conta com uma vista privilegiada para a cidade de Viana do Castelo e para o Vale de Lima.

No centro de Portugal, a poucos quilómetros de Óbidos, encontrará outra opção para dar umas tacadas ao ar livre, o Praia D'El Rey Marriott Golf & Beach Resort com 18 buracos que alia a vegetação e o contacto com o mar. Mais a sul do país, vai encontrar o campo de golfe Penha Longa, em Sintra, um campo de golfe marcado pela vegetação imponente e luxuriante que o envolve.

Se o seu próximo destino de férias é o Algarve, pode experimentar o Royal Golf Course, em Vale do Lobo. Este campo destaca-se pela sua vegetação rica e pelo buraco 16, sobre uma falésia e um dos símbolos do golfe no Algarve. Existem, contudo, algumas precauções a ter quando pratica este desporto:

1. Aconselhe-se com o seu médico para saber se está em condições de praticar exercício físico

2. Uma vez iniciada a actividade, consulte o seu médico regularmente para uma monitorização correta do seu estado de saúde

3. Antes de se aventurar no green, faça um bom aquecimento para preparar os músculos para a actividade que se segue

4. Pratique exercício paralelamente ao golfe. Um treino prévio é essencial para a caminhada e para os movimentos exigidos ao longo do jogo

5. Proteja-se do sol, usando chapéu e protetor solar

6. Mantenha-se hidratado, bebendo muita água, durante o jogo

7. Ingira uma peça de fruta antes de iniciar o jogo para manter os níveis de açúcar no sangue durante a atividade

8. Opte por usar roupa e calçado confortáveis

Texto: Sofia Cardoso com Vera Guerreiro (psicóloga clínica)

artigo do parceiro:

Comentários