Exercício com pesos é mais eficaz a fortalecer ossos, conclui estudo

Os homens que praticam exercícios com pesos têm uma melhor formação e densidade óssea, essencial na prevenção das osteoporose, revela um novo estudo publicado na revista "Bone".
créditos: Pixabay

Uma investigação da Universidade de Missouri-Columbia, nos Estados Unidos, concluiu que o treino com pesos faz reduzir a esclerostina em homens, uma proteína formada no osso, e promove o aumento da IGF-1, uma hormona associada ao crescimento ósseo.

Para o estudo, os investigadores dividiram os participantes em dois grupos. A um grupo foi pedido que praticassem exercícios de treino com pesos. O outro grupo praticou vários tipos de salto. Após 12 meses, a investigadora principal, Pamela Hinton, comparou as proteínas ósseas e hormonas presentes no sangue dos participantes de ambos os grupos.

"Observámos um decréscimo no nível de esclerostina em ambas as intervenções de exercício nos homens", revelou a investigadora. "Quando a esclerostina é expressa em níveis elevados, detém um impacto negativo na formação óssea. Tanto no treino de resistência como no de salto, o nível de esclerostina diminui, facilitando a formação óssea".

Por outro lado, no primeiro grupo, foi detetada um aumento na hormona IGF-1, que faz desencadear o crescimento ósseo.

"As pessoas podem ser fisicamente ativas e muitas vezes sabem que precisam de fazer exercício para prevenir a obesidade, as doenças cardíacas ou a diabetes", comenta a investigadora, que acrescenta que é também preciso "fazer exercícios específicos para proteger a saúde óssea" e prevenir a osteoporose.

10 coisas que não deve fazer no ginásio

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários