Homens arriscam saúde em busca de transplantes capilares em clínicas ilegais

O número de homens que procura transplantes capilares no estrangeiro está a aumentar e a preocupar as autoridades britânicas. Muitos regressam ao Reino Unido a precisar de um intervenção cirúrgica depois de um implante mal feito.

A maioria dos casos relatados às autoridades britânicas são de homens que procuram transplantes capilares a baixo custo na Índia e Turquia.

De acordo com o jornal Mirror, muitos homens regressam ao Reino Unido a necessitar de tratamento médico e às vezes cirúrgico na sequência de um procedimento estético mal feito.

Com 500 clínicas de transplantes capilares de baixo custo em todo o país, a Turquia tornou-se numa escolha vulgar para este tipo de procedimentos para os homens do Reino Unido que sofrem de alopecia ou calvície.

Veja aindaTransplante de cabelo: a microcirurgia que pode mudar uma vida

No entanto, mais de 60% dessas unidades funcionam de forma ilegal, alerta o médico Edward Ball.

"O turismo médico não é novo, mas o que eu acho chocante é o número de maus transplantes realizados por cirurgiões imprudentes e desqualificados", alerta Edward Ball, da TheMaitlandClinic, no Reino Unido, ao referido jornal.

"Os resultados de um transplante capilar ficam connosco para o resto das nossas vidas. Quando é bem feito, isso pode dar um enorme impulso à nossa auto-confiança e auto-estima. No entanto, vimos pacientes que ficam devastados pelos resultados anormais após a decisão de aceitar comprar um tratamento de baixo custo no estrangeiro".

Saiba mais: Arrancar um cabelo branco faz nascer dois? 10 mitos e verdades sobre o cabelo

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários