Adwoa Aboah: a modelo que tem de conhecer

Pode ter apenas 25 anos, mas já provou que para ser modelo não basta apenas ser bonita, mas sim ter uma personalidade fantástica e sobretudo, ajudar os outros.

Com apenas 25 anos, Adwoa Aboah já mostrou que para ser modelo não basta apenas beleza, mas sim personalidade. Hoje em dia, é uma das modelos mais requisitadas em marcas como Chanel, Dior, Marc Jacobs, Versace, entre outras.

Mas há precisamente três anos, tentou suicidar-se. "Eu estava completamente perdida e tinha a sensação que estava a viver a vida de outra pessoa e não a minha". Estas palavras foram relatadas à revista i-D como forma de a modelo explicar o que passou naquela fase em que teve de lutar para conseguir deter estes impulsos auto-destrutivos.

Com um passado marcado por drogas, Adwoa acabou por perder alguns trabalhos devido à sua aparência e isso fez com que o ato de querer acabar com a própria vida fosse ganhando cada vez mais sentido. Teve a força de vontade para se transformar numa lutadora e, depois de passar por várias clínicas de reabilitação, encontrou na força das palavras a cura que precisava para expulsar os seus demónios.

Foi durante uma das reuniões da clínica, que Adwoa percebeu que estava perante um grupo de mulheres que sentia o mesmo que ela e por isso, não existia nenhuma represália nem nenhum julgamento e foi a partir daí, que surgiu a ideia da plataforma 'Gurls Talk'.

Esta plataforma foi criada com o intuito de todas as mulheres poderam falar sobre as suas histórias e para não se sentirem sozinhas. Desde a aceitação do corpo, passando pelo feminismo e também pelo poder, estes são assuntos que são alvo de discussão nesta plataforma.

De acordo com a modelo, o seu objetivo é "fazer com que as meninas possam passar tempo com as mulheres, com as quais elas podem identificar-se, e as inspirem a entrar em novos mundos depois da escola".

Hoje em dia é cada vez mais importante dar ênfase a causas que podem mudar o mundo e de acordo com a modelo, a criatividade é uma ferramenta com muito poder e foi a partir desta que encontrou a sua vocação e conseguiu libertar-se.

artigo do parceiro:

Comentários