Do mamillare ao wonderbra. Esta é a história do soutien

Considerada uma peça indispensável no guarda-roupa de todas as mulheres, a revista Cosmopolitan fez uma viagem no tempo e dá-lhe a conhecer os vários estilos e formatos de soutien que fizeram sucesso ao longo dos séculos.

No Império romano os romanos não gostavam de seios grandes por isso as mulheres usavam aquilo que dava pelo nome de Mamillare: um pano que tinha como intuito apertar e disfarçar os seios.

Com o avançar dos séculos, é inventado o espartilho, considerado o soutien entre 1500 – 1800. Esta peça de roupa interior tinha como objetivo evidenciar os seios e a silhueta feminina.

No século XX o soutien é alvo de muitas transformações, passando de uma peça de roupa interior feminina a uma arma de sedução. De largo (anos 20), pontiagudo (anos 30-50), transparente e sem costuras (60) a desportivo (anos 70) as mulheres usaram um pouco de tudo.

Até que em 1990, o famoso Wonderbra – inicialmente lançado no anos 60 - ganha popularidade e revoluciona a vida de milhões de mulheres.

Clique no vídeo e fique a saber mais sobre a evolução do soutien.

Comentários