De ténis de basquetebol a modelo icónico. 100 anos de Converse All Star

Praticamente todas as pessoas já tiveram um par de Converse no seu armário. Como forma de assinalar os 100 anos da marca americana damos-lhe a conhecer alguns factos sobre os ténis mais cool do século XX e XXI.
  1. Fundada em 1908 no estado de Massachusetts por Marquis M. Converse, a Converse Rubber Shoe Company começou por se afirmar como uma empresa especializada em galochas.
  2. Decidida a alargar os horizontes do seu negócio, a empresa passou a investir na produção de calçado desportivo para jogar futebol e vólei. Consciente da popularidade do basquetebol, a empresa decidiu criar um tipo de calçado adequado para a prática desta modalidade. E em 1917 nasceram os Converse All Stars.
  3. Feito em lona e com sola de borracha vulcanizada, os ténis começaram a ser produzidos unicamente na versão bota e em castanho e preto.
  4. O jogador e instrutor de basquetebol Charles Chuck H. Taylor foi uma figura fundamental na história e sucesso da marca americana. Para além de integrar a equipa de basquetebol patrocinada pela empresa, os The Converse All Stars, o Taylor passou a vender e promover os ténis durante os workshops e seminários que lecionava sobre o tema.
  5. Consciente do papel que Chuck Taylor desempenhou face ao sucesso, crescimento e desenvolvimento da marca, em 1932 a Converse Rubber Shoe Company decidiu adicionar o seu nome ao emblema.
  6. Até 1949, o cliente que quisesse comprar uns Converse só tinha à sua disposição a versão em lona e sola em borracha preta. Nesse ano a marca introduziu no mercado a sola em borracha branca e em 1957 decidiu apostar num novo modelo: o Oxford (OX) que se destaca por ser mais decotado que o original.
  7. As versões a cores só começaram a surgir no mercado em 1971. O verde foi a primeira versão colorida dos Converse All Star que mais tarde acabou por se alargar ao dourado, vermelho e azul.
  8. A primeira vez que os ténis apareceram no grande ecrã foi em 1960 no filme Tall Story protagonizado por Anthony Perkins e Jane Fonda.
  9. Com o aparecimento de novas marcas de ténis, a Converse All Star começou a perder terreno face à concorrência. Em 2001, após entrar em processo de falência, a marca acabou por ser comprada pela Nike e passou a sua produção, que até ao momento sempre foi em solo americano, para o estrangeiro.
  10. De acordo com a revista Complex, a cada 43 segundos é vendido um par de All Star no mundo inteiro.
  11. Os All Star já andaram nos pés de estrelas de cinema, músicos e modelos. James Dean, Ramones e Sex Pistols são algumas das figuras que eram fãs dos ténis e que contribuíram para que estes se assumissem como parte do uniforme da cultura punk e rock e um símbolo de rebeldia.
  12. Durante os seus 100 anos de existência, o modelo dos Converse All Star permaneceu praticamente inalterado. Até ao momento a única mudança foi implementada pela Nike em 2015 aquando do lançamento dos Converse Chuck Taylor II confecionados com materiais mais refinados e incluindo a tecnologia Lunarlon, de forma a oferecer um sapato mais confortável.

Comentários