Quadradas, redondas, elegantes ou extravagantes: que unhas prefere?

Toda a gente tem as suas preferências quando o assunto é tratar das unhas. O site Mode.com fez uma viagem no tempo e recorda quais as manicures mais populares dos últimos 100 anos.

Nas primeiras duas décadas do século XX, as mulheres usavam as unhas curtas e redondas, optando por usar apenas verniz transparente para dar brilho às mãos.

Nos anos 30 surge o estilo “half moon”, que tal como próprio nome indica, criava uma meia lua junto à zona das cutículas. Um look que voltou a estar na moda graças à bailarina de burlesco Dita Von Teese.

Na década de 40 e 50 as unhas mudam de forma, tornando-se mais compridas graças aos acrílicos que começaram a ser comercializados nesta altura. É também nesta época que o vermelho domina as mãos das senhoras.

O estilo almond (tipo amêndoa) também continuou a ser muito usado durante os anos 60, com os tons pastel a dominarem na hora de escolher o verniz.

Nos anos 80 dá-se uma revolução no mundo da manicure, com as unhas a mudarem de formato e de cor, dominando o estilo quadrado e os tons vibrantes.

No ano 2000 surge a manicure francesa, considerado um look clássico e intemporal e ainda muito pedido nos dias que correm. Daqui em diante os formatos extravagantes, as cores ousadas e o nail art entram em força, não existindo faux pas na hora de de ir arranjar as unhas, sendo tudo uma questão de gosto.

Clique no vídeo e confira os formatos de unhas que marcaram os últimos 100 anos:

Comentários