Nadine Almeida, uma youtuber cabo-verdiana que quer conquistar o mundo

A jovem natural da Boa Vista tem um canal no YouTube onde fala sobre cabelo e maquilhagem.

A jovem natural da Boa Vista tem um canal no YouTube onde fala sobre cabelo e maquilhagem.

créditos: Foto@Cedida por Nadine Almeida

Nadine Silva Almeida é uma estudante cabo-verdiana, radicada em Portugal, que criou em  2016 um canal no Youtube para falar sobre cabelo natural e maquilhagem. “Não sou maquilhadora e nem cabeleireira profissional, mas tento transmitir o que sei da forma mais fácil possível”, afirma.

A jovem de 19 anos está a cursar o segundo ano do curso de Arquitetura na Universidade Lusófona do Porto.

Natural de Boa Vista, Nadine Almeida é uma cacheada assumida, mas quem a vê não sabe que na adolescência foi “escrava” do cabelo liso.

“Na adolescência não gostava do meu cabelo cacheado porque estava na moda o liso. Aos 12 anos fiz o meu primeiro ‘relaxamento’. No início gostei, mas depois o cabelo começou a danificar. Em 2015, cortei e deixei crescer o cabelo natural”, conta.

A jovem revelou ao SAPO que na altura foi bastante criticada por ter cortado o cabelo. “O cabelo estava enorme, mas não era natural. Hoje após 2 anos do meu “Big Shop” (corte de cabelo) o meu cabelo está totalmente natural, saudável e com um bom crescimento o que me deixa feliz”, diz.

Após aceitar o seu cabelo natural, Nadine Almeida decidiu criar em outubro de 2016 um canal no Youtube onde partilha com os internautas a sua experiência, bem como dá dicas para cabelo cacheado e maquilhagem.

A jovem revelou que um dos motivos que a levou a criar o canal é o facto de não existirem muitas youtubers cabo-verdianas a falar sobre cabelo. “Há muitas youtubers brasileiras, americanas (…), mas sei que por ser cabo-verdiana tenho mais hipóteses de atingir o meu povo”, afirma e revela que as perguntas e curiosidades das cabo-verdianas sobre a sua transição capilar também a motivaram a criar o canal.

Apesar do seu público ser na maioria cabo-verdiano, a boa-vistense diz que seria “muito bom” atingir pessoas de outras nacionalidades. “Hoje já conto com angolanas, portuguesas e brasileiras a seguir o meu canal, o que me deixa feliz. O meu objetivo é ajudar o maior número de pessoas possível. Pretendo começar a dar dicas para homens, bem como de entretenimento, jogos e dicas de beleza”, afirma.

Nadine Almeida também tem uma página no Instagram que já conta com mais de 12 mil seguidores, bem como no Facebook. “Fico feliz com esse número, mas o que me deixa mais feliz é poder ajudar as pessoas com o pouco que aprendi”, afirma a jovem apaixonada por fotografia.

No futuro, a boa-vistense pretende trabalhar na sua área de formação e no ramo da moda, beleza e bem-estar. “Gosto de cabelo, maquilhagem, roupas, etc".

Comentários