Mulher que está a processar Usher fala da noite passada com o músico

O artista está a ser processado por três pessoas por, alegadamente, não ter dito que tinha uma doença sexualmente transmissível.

Recentemente, foi noticiado pelos meios internacionais que Usher terá pagado 1,1 milhão de dólares (quase um milhão de euros) a uma mulher para não o processar, depois de a ter infetado com herpes.

Entretanto, o cantor está a ser processado por três pessoas por, alegadamente, não ter dito que tinha uma doença sexualmente transmissível.

Agora, uma das ‘vítimas’, Quantasia Sharpton, decidiu quebrar o silêncio e contar detalhes da noite que passou com o artista.

“Eu gosto da música do Usher e fui ver um concerto dele com alguns amigos há alguns anos, para comemorar o meu aniversário. Estava a usar uma coroa de aniversariante e, por isso, fui escolhida para ir aos bastidores antes do espetáculo. Mais tarde, um segurança veio ter comigo para me pedir o número. Ele disse-me que o Usher tinha-me visto nos bastidores e que estava interessado em mim. Depois do concerto, voltei com os meus amigos para o hotel”, começou por dizer a jovem ao New York Hilton Midtown, na presença do seu advogado.

“Recebi uma chamada do Usher em número privado e ele perguntou-me em que hotel estava hospedada e o número do quarto. Cerca de uma hora depois, ele chegou. Conversamos durante algum tempo e envolvemo-nos sexualmente. Ele nunca me avisou de qualquer doença sexualmente transmissível. Só depois do meu 19º aniversário. Nunca mais ouvi falar dele. Quando ouvi pela primeira vez relatos de que ele era portador de herpes, eu não podia acreditar”, acrescentou.

Quantasia disse ainda que se soubesse que o artista era portador do vírus não tinha dormido com ele. “Eu não tinha corrido o risco de contrair uma doença incurável. A minha saúde é importante para mim, agora que sou mãe. Sinto que os meus direitos foram violados”, afirmou.

Desta forma, Sharpton quebrou o silêncio para dar a cara e “falar pelos outros”, principalmente aqueles que têm “vergonha de falar publicamente” sobre o tema. “Estou a fazer isto para ele não voltar a fazer o que fez com mais ninguém”, continuou.

Quantasia pediu ainda que Usher falasse sobre esta situação e confirmasse se é ou não portador do vírus.

artigo do parceiro: NM

Comentários