A zanga de Marilyn Manson com Bieber: "Ele foi um monte de m****"

O caso começou quando Justin Bieber lançou umas t-shirts com a cara de Manson estampada.

No que diz respeito a estilos musicais, Justin Bieber e Marilyn Manson parecem estar bem distantes, no entanto, consta que esta distância também passou para a vida real. Os dois cantores viveram uma espécie de confronto que começou quando Bieber usou a imagem de Manson estampada numa das suas t-shirts. Na peça que - custa 195 dólares, aproximadamente 164 euros – podia ler-se a seguinte frase: “Maior do que o Satanás… Bieber”.

Desenhada por Jerry Lorenzo foi dito que a criação tinha sido permitida por Manson. Aliás, na altura da sua criação, ainda em julho de 2016, o designer fez questão de agradecer na sua página de Instagram ao cantor de rock por ter entendido a abordagem.

O único problema é que, aparentemente, Manson nunca terá assinado a t-shirt e não ficou feliz quando viu Bieber pela primeira vez: “Ele já estava a usar a t-shirt com o meu nome”, declarou o artista numa entrevista ao Consequence of Sound, esta quarta-feira.

“Ele disse-me, ‘tornei-te importante outra vez’”, descreveu Marilyn, acrescentando que o cantor de 23 anos cometeu um erro na sua perspetiva. “Ele foi um monte de m**** – para ter a arrogância de dizer aquilo”, sublinhou o músico.

Manson acrescentou que, posteriormente, reclamou dos seus direitos sobre os lucros das t-shirts: “Eles apenas disseram, ‘já sabemos, erramos, por isso aqui está o dinheiro’”, rematou Manson.

Pelo menos a situação resolveu-se.

artigo do parceiro: NM

Comentários