Criança de sete anos iludiu autoridades e embarcou sozinha e sem bilhete em voo da EasyJet

A menina fingiu estar acompanhada pelos pais e conseguiu embarcar num avião no aeroporto de Genebra, na Suíça, este domingo, até ser detetada pelas autoridades e tripulação.
créditos: Pixabay

Uma criança de sete anos fugiu dos pais e embarcou sozinha, e sem bilhete, num voo da EasyJet que se preparava para descolar do aeroporto de Genebra, na Suíça, com destino à Córsega, em França.

Segundo um porta-voz do aeroporto, citado pelas agências internacionais, o incidente aconteceu no domingo.

A menina, que não foi identificada, conseguiu iludir a vigilância dos pais quando estavam na estação principal de comboios de Genebra e foi de comboio até ao aeroporto.

Numa primeira tentativa, a criança tentou esconder-se e entrar no aparelho juntamente com a tripulação. Foi detetada e fingiu voltar para perto dos pais.

À segunda tentativa, a menina passou por uma zona "apenas acessível a alguém do seu tamanho", conseguindo entrar no avião e sentar-se, relatou Bernard Stampfli, porta-voz do aeroporto, a uma televisão suíça.

Momentos depois de ter subido a bordo do avião da EasyJet, a criança foi detetada por um membro da tripulação e entregue às autoridades.

"Temos de reconhecer que o sistema é eficiente para adultos e crianças acompanhadas, mas temos de ter em conta as fragilidades que deixaram esta criança passar", admitiu Bernard Stampfli, que anunciou que o aeroporto já está a investigar o caso, admitindo alterações nos procedimentos de segurança das instalações.

Trata-se do segundo incidente do género neste aeroporto suíço. Em outubro, um homem conseguiu entrar na zona de embarque sem ser submetido a um controlo de segurança.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários