HAN assinala Semana Mundial do Aleitamento Materno sob o lema “Juntos para a amamentação”

“Juntos para a amamentação” é o lema da Semana Mundial do Aleitamento Materno 2017 que o Hospital Dr. Agostinho Neto, através do seu serviço de aleitamento materno, escolheu para assinalar o evento de 01 a 07 de Agosto.

A iniciativa, segundo a nutricionista e responsável do Banco de Aleitamento Materno no Hospital da Praia, Fernanda Azancoth, em declarações à Inforpress, visa mostrar a importância da campanha sobre o aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses da vida de uma criança.

Fernanda Azancoth, que falou das actividades previstas para assinalar a Semana Mundial do Aleitamento Materno, indicou que, segundo dados de 2015, apenas 30,5 por cento das mães cumprem com o aleitamento até aos seis meses de idade da criança.

Por este motivo, apela as mães a terem um outro” comportamento” face a essa prática que nada mais faz do que proteger as crianças de várias doenças, de reduzir a morbidade e a mortalidade e beneficiar o meio ambiente.

“Amamentar é promover a vida e a saúde e melhorar sua qualidade, é intensificar as relações sociais, é um resgate cultural da condição humana, é, acima de tudo, garantir ao bebe uma melhor segurança alimentar e nutricional”, sustentou.

Além desses benefícios, explicou, o aleitamento materno reduz os índices de obesidade infantil, de infecções digestivas e respiratórias, de alergias alimentares, de serem potenciais doentes cardíacos e diabéticos.

Estudos, exemplificou, mostram que o leite materno é capaz de reduzir mortes por causas evitáveis em crianças menores de 5 anos.

No que se refere ao Banco de Aleitamento Materno, aquela responsável, adiantou que o “stock” tem sido sempre “suficiente” para se dar respostas à procura existente no Hospital da Praia.

Para assinalar a data, está prevista no Hospital Dr. Agostinho Neto a realização, no dia 01 de Agosto, de uma encenação teatral sobre o tema, no dia 03 visita ao centro de saúde da Cidade Velha para falar com as mães, e dia 04 uma palestra para discutir o aleitamento materno e dados do Banco de Aleitamento Materno.

No dia 04 de Agosto está ainda prevista uma mesa redonda para debater o tema “Tempo de licença de maternidade em Cabo Verde”, e para no dia 07 se efectuar o encerramento da semana com uma actividade para falar do “Empoderamento da mulher para a capacidade de amamentar”.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o aleitamento materno deve começar já na sala de parto e que seja exclusivo e em livre demanda (o bebê mama a quantidade que quer, quando quer) até o 6º mês e se estenda até 2 anos ou mais.

A Semana Mundial de Aleitamento Materno é uma estratégia idealizada pela Aliança Mundial para Acção em Aleitamento Materno (WABA) criada em 1992 e ocorre em cerca de 150 países.

Comentários