7 dicas para tirar as fraldas ao seu filho

Esta altura de transição nem sempre é fácil para os pais. Quando começar? Como fazê-lo? Será que já está na altura certa? Se quer saber a resposta, ela está nestes truques.

Antes de pensar em tirar as fraldas ao seu filho saiba que os especialistas recomendam que a fralda não seja retirada muito antes dos 2 anos, pois a criança ainda não está preparada. Por isso seja paciente e espere pela idade certa, caso contrário você vai ficar frustado sem razão e ainda pode criar traumas na criança.

Mas como todos os bebés têm timmings diferentes comece por observar a capacidade de controlo do seu filho. Repare se ele se queixa quando está com a fralda suja e se avisa que vai fazer cocó. Algumas crianças escondem-se num canto da casa e baixam-se quando querem fazer cocó, mostrando que têm consciência das suas necessidades e estão prontas para se retirar a fralda.

Como retirar:

Primeiro, comece por retirar a fralda apenas durante o dia, durante um período tranquilo da vida da criança – evite épocas de grandes mudanças. Escolha uma estação quente para iniciar o processo.

Vista a criança com roupas leves para facilitar. Explique-lhe que deve avisar quando quiser ir a casa de banho e esteja presente. Use um penico ou redutor de assento com apoio para os pés.

Quando o seu filho o avisar a tempo de ir a casa de banho elogie-o! Mas quando ele não for a tempo não se zangue com ele, apenas lhe diga que da próxima vez deve avisar um pouco antes.

Fique atenta para reconhecer a rotina do seu filho. Muitas vezes, ver irmãos ou primos mais velhos usar a casa de banho é um estímulo para a criança, que deseja imitar os mais velhos e entende o processo como natural.

Quando perceber que o processo está estabilizado e o seu filho já controla bem as necessidades durante o dia, parta para a próxima etapa: retirar as fraldas durante a noite. Mas não se assuste se demorar mais tempo, pois esta segunda etapa é mais demorada. A fralda da noite pode ser necessária para algumas crianças até os 4 ou 5 anos.

Comentários