Cientistas emitem alerta este Natal: "Cuidado com o chocolate e os cães"

O Natal é um período arriscado para os cães, porque têm acesso facilitado ao chocolate, que é tóxico para este animal de estimação, alertam cientistas britânicos.

"Os donos de cães precisam de estar conscientes do risco mais alto, especialmente durante a temporada de festas de fim de ano (e, em menor medida, Páscoa), onde o chocolate se torna mais acessível em casa", alertam os cientistas da Universidade de Liverpool.

Para o "melhor amigo do homem", o inimigo chama-se teobromina, uma substância amarga encontrada nos grãos do cacau.

Provoca vómitos, diarreia e até palpitações, convulsões, arritmias e, em casos mais graves, hemorragias internas e ataques cardíacos.

De acordo com dados recolhidos em 229 centros veterinários do Reino Unido entre 2012 e 2017, o risco de intoxicação por chocolate é quatro vezes maior no Natal e duas vezes maior na Páscoa do que no resto do ano.

O estudo recorda que o chocolate também é tóxico para os gatos, embora este animal pareça menos tentado a prová-lo.

Veja aindaAs raças de cães mais amigas da família

Saiba mais10 razões científicas (e surpreendentes) para comer mais chocolate

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários