Como poupar na ceia de Natal

O Natal é uma época de partilha e abundância, mas também de algum desperdício.
créditos: Pixabay

Manda a tradição que numa mesa portuguesa haja peru, bacalhau, polvo, sonhos, o tronco de Natal e tantas outras iguarias que alternam de acordo com a região país. Contudo, no final das festas há sempre as sobras que acabam no lixo e que representam não só desperdício de comida como desperdício de dinheiro.

Com a ajuda deste artigo, planeie a sua ceia de forma a evitar o desperdício de comida e a gastar mais dinheiro do que devia.

Defina um orçamento

Esta é uma regra fundamental das finanças pessoais, que deve ser aplicada a qualquer evento da nossa vida que envolva o nosso orçamento. Apesar de ser um evento muito importante, a ceia de Natal não é excepção, defina um valor máximo que pretende gastar e não o ultrapasse.

Programe o menu

Planeie exactamente tudo o que vai cozinhar. Desta forma conseguirá fazer uma lista, com as quantidades exactas do que precisa, evitando comprar coisas a mais do que o estritamente necessário.

Evite o desperdício

Com tanta comida há sempre coisas que sobram, reinvente e reaproveite-as. Se sobrar peru, por exemplo, poderá fazer uma salada para o dia seguinte.

Experimente produtos de marca branca

Depois de fazer a sua lista, procure substituir os produtos de marca pelos de marca branca. Mesmo que em alguns produtos a diferença seja de apenas alguns cêntimos, se juntar alguns cêntimos em vários produtos a poupança final poderá ser significativa.

Compare os preços

Antes de sair de casa, procure os produtos da sua lista nos sites das diferentes superfícies comerciais e compare-os. Se fazer uma viagem maior para ir a um determinado supermercado pode não compensar para comprar sal ou arroz, se falarmos de comprar o bacalhau ou azeite, por exemplo, a diferença de preços pode compensar.

Partilhe as responsabilidades

Se a ceia de Natal vai ser em sua casa, isso não significa que tenha de fazer todos os pratos e ficar encarregue de todas as despesas. Distribua os diferentes pratos pelos seus familiares. Se todos contribuirem, vai conseguir proteger o seu orçamento e não fará assim tanta diferença aos convidados.

Verifique a despensa antes de ir às compras

Este é um passo fundamental sempre que vai às compras, mas ainda mais importante na preparação da ceia. Antes de sair de casa veja a sua lista de compras e verifique se realmente não tem em casa todos os ingredientes. O que acontece é que muitas vezes temos em casa um pacote de arroz ou farinha esquecidos, por exemplo, e não existe a necessidade de comprar mais. Desta forma, evita não só o desperdício como corta alguns custos da sua lista de compras.

Os presentes de Natal têm também um grande impacto no orçamento das famílias. Aproveite a oportunidade e saiba “como comprar prendas de Natal para toda a famílias por menos de 100euros”.

O Natal não precisa de afetar a sua carteira. Com algum planeamento e até alguma dose de criatividade conseguirá ter um Natal mais equilibrado financeiramente.

artigo do parceiro:

Comentários