Aprenda a organizar gavetas

Estas dicas vão facilitar-lhe o dia a dia e a manter organizado o seu armário.
créditos: pixabay

A não ser que seja alguém muito metódico, é comum existir alguma desorganização nas suas gavetas. O dia a dia acelerado, a falta de disposição para o fazer, mais do que uma pessoa a mexer, ou outra razão, fazem com que a bagunça se instale. Como só custa a primeira vez, fique a saber como deve arrumar as gavetas para depois ser mais fácil manter.

Fica ou não fica
Desfazer-se do que não lhe faz falta é o primeiro ponto porque de nada vale ter gavetas a atafulhar de roupa se não usa metade. Descarte tudo o que sabe de antemão que não vai usar, que esteja com manchas na zona do colarinho ou axilas ou que, apesar de gostar muito, estejam com aspeto roçado. Para saber ao certo quais as peças que não têm tanto uso faça o seguinte exercício: vire todas as peças penduradas com os ganchos para fora e sempre que tiver de arrumar coloque os ganchos para dentro. No fim da temporada vai saber com exatidão o que usou e não usou. Dobrar ou pendurar
Antes de mais, é necessário fazer uma triagem do que deve ser ou não pendurado/ dobrado. Obviamente o espaço disponível também terá uma ‘palavra a dizer’, tal como o tecido de algumas peças, mas regra geral, t-shirts, roupa íntima, sweatshirts, roupa de ginásio, acessórios como cachecóis e lenços podem e devem ser dobrados. Pense da seguinte forma, se a peça em questão fica deformada ao ser pendurada é porque deve ser dobrada. No entanto, há peças que devido à qualidade do tecido e caso estejam dobradas, tenha em atenção ao roçar da mesma para não danificar. Camisas, blusas de tecido fino, calças e blazers devem ficar em cabides. Dê prioridade
É óbvio que tudo o que está ‘mais à mão’ dá sempre mais jeito, menos trabalho e poupa algum tempo por isso, coloque nas gavetas mais acima ou em frente a si a roupa que costuma dar mais uso, como por exemplo a sua roupa interior. Como dobrar
O ideal é que dobre as peças de forma igual para que nenhuma passe despercebida na hora da escolha e comece a amarrotar-se mesmo antes de sair da gaveta. Pode sempre usar um género de prancha para que toda a roupa fique dobrada com o tamanho igual. Relativamente à pilha, a mesma deve ser levada em conta, ou seja, empilhe a roupa em cascata deixando cerca de 1 a 2 dedos de intervalo (para dentro) entre a debaixo com a que está por cima.
Peças mais delicadas, como o caso de soutiens com aro ou bojo, disponha os mesmos de forma aberta.

Comentários