O amor e os signos

A data em que nascemos influencia em muito a nossa personalidade, por isso descubra através do seu signo, como fica quando está apaixonado.

Cada pessoa reage de forma diferente, e quando está apaixonada isso muito mais, até porque as suas hormonas estão elevadas. Mas a forma como cada um reage, depende muito da sua personalidade, bem como, do seu signo. Descubra então, como bate o seu coração.

Carneiro, 21 de março a 19 de abril - O amor torna-se num incêndio para os nativos de carneiro, que não tem medo de aventuras, nem de coisas arrojadas. O facto de conhecer pouco o seu amor, nada tem a ver com o sentimento que nutre e o qual não o deixa esperar até dar o primeiro passo. O carneiro é insaciável e um companheiro de carinhos.

Touro, 20 de abril a 20 de maio - O seu amor é um teste, pois os nativos destes signo são fortes e demoram algum tempo até terem aquilo que desejam. São egoístas nas relações e não permitem que dar o seu amor de forma livre, pois ele deve ser conquistado. Sentem as coisas de uma forma intensa, mas os seus sentimentos são difíceis de arrancar.

Gémeos, 21 de maio a 20 de junho - O amor é um mistério para os nativos deste signo, pois estes, são versáteis e muito sociáveis, embora confiem muito no que vai pela cabeça. Gostam de surpresas e de emoção, mas por vezes o amor tende a tirar-lhes esse equilíbrio.

Caranguejo, 21 de junho a 22 de julho - O amor torna-se confortante para os nativos deste signo, que demonstram um amor profundo pela sua casa e dão muito valor aos seus amigos e também à sua família. Guiam-se pelas emoções e quando encontram o amor, aproveitam-no de uma forma intensa.

Leão, 23 de juho a 22 de agosto - O amor tende a consumir tudo, porque os leões gostam de ter as atenções em si, mas quando estão apaixonados tornam-se um pouco obcecados pela pessoa que amam e pensam nela constantemente.

Virgem, 23 de agosto a 22 de setembro - Para os nativos deste signo, o amor é demasiado pessoal, porque eles pensam em demasia nas coisas e chegam a ser bastante críticos com eles, assim como, com os outros. Sentem borboletas sempre que o seu amor esta por perto, mas não se deixam cair em romantismos, pois tem medo de o perder.

O que procura?

Comentários