10% dos turistas faz sexo no aeroporto

42% opta pelas casas de banho das infraestruturas aeroportuárias e 28% prefere as zonas de cacifos, revela um novo estudo. 17% já foram apanhados durante o ato sexual.

Um novo estudo internacional sobre comportamentos nos aeroportos revela que 67% dos viajantes aproveita o tempo disponível para fazer uma refeição ou para tomar uma bebida. 54% utiliza-o para fazer compras, 41% joga no telemóvel, no computador ou no tablet, 39% vê filmes, 25% lê e 11% lê e responde a e-mails. 10% dos inquiridos revela, contudo, que tende a rentabilizar os períodos de espera... fazendo sexo!

Um em cada 10 norte-americanos, 10%, mais do que os 8% apurados para os membros do Mile High Club, pessoas que praticam regularmente sexo em aviões, assume que já o fez nas casas de banho das infraestruturas aeroportuárias. 28% prefere as zonas de cacifos e 14% usaram um casaco para se resguardar em plena sala de embarque. 12% fê-lo no lounge VIP. 17% já foram apanhados durante o ato sexual.

O inquérito foi realizado pela empresa de aviação Jetcost.com, que reuniu uma amostra de 4.915 americanos com mais de 18 anos que fizeram, pelo menos, uma viagem de avião nos últimos dois anos. Desses, 75% revelou que chega ao aeroporto antes da hora prevista. 87% dos turistas que fizeram sexo antes de viajar entregaram-se ao prazer com os parceiros de deslocação. Apenas 5% admitiu ter copulado com um desconhecido.

Texto: Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários